Gelatina

Difícil encontrar quem ainda não tenha experimentado. Rápida e fácil de fazer, a gelatina tem predicados que vão além da praticidade e da variedade de cores, formatos e sabores. A defesa vem da ala médica: a sobremesa auxilia na prevenção de determinadas doenças. E para quem insiste em empanturrar apenas as crianças com a guloseima, um aviso: ela é recomendada para todas as idades, sobretudo, para os idosos.

A lista de benefícios inclui o fortalecimento de unhas, cabelos e ossos, e boa atuação nos processos inflamatórios das articulações. De acordo com o professor do Departamento de Alimentos e Nutrição da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp, Valdemiro Sgarbieri, a gelatina, oriunda da pele do boi e do porco, é uma proteína diferente das outras, porque contém um aminoácido chamado hidroxiprolina. Essa proteína possui a mesma composição do colágeno, presente na formação de ossos, pele, cabelos, unhas, cartilagens e do tecido conjuntivo.

O processo de envelhecimento, ressalta o professor da Unicamp, implica em diversas alterações no corpo: pele, cabelos, ossos e articulações são afetados. E grande parte dessas transformações ocorre devido à perda de colágeno, que atua na estrutura desses tecidos.

É aí que a gelatina entra em ação, pois ajuda a repor essa diminuição. "No processo de envelhecimento, a gelatina vai auxiliar a retardar o aparecimento de males como a artrose, a artrite e a osteoporose, enfermidades características de idosos", salienta Valdemiro Sgarbieri.

De olho nesses consumidores em potencial e cientes dos efeitos benéficos da gelatina, os fabricantes têm lançado no mercado fórmulas especiais, nas quais acrescentam-se vitaminas C e D, e outros componentes que ajudam na restauração dos tecidos. Segundo Valdemiro, além da gelatina original, com sabor e servida gelada, existe também a hidrolisada, que por ser solúvel em água, é absorvida mais facilmente pelo organismo. "Em forma de pó, esse tipo pode ser adicionado em sucos e outros líquidos. O sabor é tolerável, e é possível acrescentar aromatizantes", explica.

Como não contém gordura, carboidrato ou colesterol em sua composição, a gelatina bastante utilizada em dietas de emagrecimento. Como não há restrições, ela pode ser consumida todos os dias. "O colágeno é muito importante em qualquer faixa etária, e a gelatina é a melhor fonte", conclui o professor. Mas ninguém precisa exagerar nas poções.


Fonte:Andrea Guedes
Colaboração: Marvel Stigliani

  2003 - Nova Era